O Mestre e o animal morto

Essa ilustração diz respeito ao universo de significados cristãos.

Ouvi essa estória quando era criança, e nunca esqueci, acho legal compartilhá-la. Não  conheço a origem dessa estória e nem aonde  surgiu, mas nunca consegui esquecê-la. Vale esclarecer que esta estória não está na bíblia e provavelmente não aconteceu de fato, mas nos mostra como é importante não focarmos nos pontos negativos reduzindo nosso universo de interpretações, devemos  aprender a olhar as coisas que acontecem de forma ampla, como um todo. Vejamos a seguir:

Jesus e alguns discípulos andavam pelos caminhos da Galileia quando um cheiro horrível impregnou o ar. Os discípulos logo tamparam o nariz e reclamaram do mau cheiro, que lhes incomodava demasiadamente. Jesus caminhava a frente tranquilamente, como se nada sentisse.

Um discípulo vendo que o Mestre caminhava na direção do odor desagradável, chamou-o:

Mestre Jesus, tampe o nariz… está um cheiro horrível, não sentes?

Jesus continuou a caminhar a frente do grupo, como se nada tivesse ouvindo ou sentindo.

Quanto mais andavam pior e mais forte era o mau cheiro, quase insuportável, causando náuseas a todos; mas, Jesus continuava a caminhar sem demonstrar qualquer alteração.

Mais alguns metros e perceberam que havia um animal morto à beira da estrada já em estado adiantado de putrefação, motivo e fonte de tão horrível cheiro. Os discípulos correram  para passarem longe de tão terrível  cheiro e visão. E mais uma vez o discípulo tentou alertar o Mestre:

Mestre Jesus, se afaste, venha para este lado; tem um animal morto à sua frente!

Mas, Jesus, caminhou na direção do pobre animal.

Os discípulos, horrorizados viram quando Jesus, calmamente, se aproximou do bicho e passou a observá-lo com grande atenção. De longe os discípulos, de narizes cobertos olhavam o mestre sem entender.

De repente, Jesus, disse:

Venham aqui e me digam o que estão vendo? Uns responderam: um animal morto; outros diziam: vermes; e ainda outros se manifestaram dizendo que viam a morte. Depois que todos deram suas opiniões. Jesus falou:Que belo animal! Quando vivo devia ter o pelo liso e brilhante. Após breve pausa, continuou:

Que belos dentes tinha este animal. Embora esteja morto há dias, ainda tem os dentes brancos e fortes.

Os discípulos, um a um , vencendo o nojo e vencidos pela curiosidade se aproximaram e olharam o animal, percebendo que as observações do Mestre eram verdadeiras.

Jesus, tão logo teve todos os discípulos perto de si, falou:  Em verdade em verdade vos digo, ainda que  o ser aparente nada ter de bom,  ainda que pareça totalmente corrompido, sempre há alguma beleza que podemos encontrar se tivermos a humildade de procurar! EM TUDO NA VIDA EXISTE DOIS LADO: BOM E RUIM NÓS TEMOS POR HÁBITO OLHAR SÓ O LADO RUIM VEJAMOS TAMBÉM O LADO BOM DAS COISAS E PESSOAS.

Autor desconhecido.




Nenhum comentário Quero comentar!


Nenhum comentário.

Deixe um comentário