Tratamento com Psicanálise Clínica – Dr Gleubert Coliath

Ouvir não é escutar sons, mas perceber aquilo que as palavras não dizem; não é perceber ruídos, mas analisar emoções”. Augusto Cury.


Ó profundidade da riqueza da sabedoria e do conhecimento de Deus! Quão insondáveis são os seus juízos e inescrutáveis os seus caminhos!“Quem conheceu a mente do Senhor? Ou quem foi seu conselheiro? Romanos 11:33-34

A Psicanálise
Método terapêutico que consiste na investigação, análise e interpretação dos conteúdos inconscientes da mente humana, que envolve comportamentos, pensamentos, ações, crenças, sentimentos, e outras produções psíquicas, fundamentado no processo da livre associação e na transferência entre paciente e terapeuta.

O Psicanalista
Profissional de saúde mental habilitado para compreender e analisar os mecanismos complexos da mente humana.

Objetivos da Psicanálise
A Psicanálise tem como objetivo analisar e compreender por meio do processo terapêutico as implicações dos conteúdos inconscientes na vida do paciente que influenciam os sentimentos e as emoções, causando sintomas, comportamento e patologias que prejudicam a saúde psíquica e mental.

Benefícios e oportunidades da Psicanálise
Ao investigar os conteúdos inconscientes a terapia psicanalítica traz a consciência aquilo que não é conhecido pelo nosso eu. Este processo possibilita ao paciente avaliar e modificar os seus processos mentais, adequando os seus comportamentos, sentimentos e afetos, e desta forma, contribui para o equilíbrio saudável da vida psíquica, o que reflete positivamente na melhora da saúde mental e consequentemente física.

Cortella (2017) afirma “O maior prazer do ser humano, não importa a idade, é falar de si mesmo” e Cury (2017) complementa “… sem gestão da emoção o céu e o inferno emocional estão muito próximos”.

A psicanálise proporciona uma oportunidade de falar e refletir sobre si mesmo, um momento muito particular e prazeroso onde o objeto de análise é o próprio eu; o psicanalista é o facilitador, mediador e condutor deste processo de autoconhecimento, o objetivo é alcançar o bem-estar da vida psíquica do paciente.

Cury (2017) nos ensina que “…há uma grande notícia. Embora seja uma tarefa complexa, podemos reciclar nossas mazelas psíquicas, reescrever as janelas da memória em qualquer época e reconstruir nossa história”. … Nunca se esqueça de que não se deletam os traumas; ou se constroem plataformas adjacentes às doentias, ou se reedita o inconsciente. … Parece loucura
dialogar consigo mesmo, mas loucura é a ausência de um autodiálogo inteligente com nossos fantasmas”.

A terapia psicanalítica ativa no ser humano a capacidade de avaliar os seus próprios sentimentos, organizar os seus pensamentos, corrigir e planejar as suas atitudes e tomar decisões sábias quando se trata de suas emoções, ao utilizar este processo de forma coesa, estamos agindo com inteligência emocional, e isso é uma ferramenta indispensável para a nossa saúde psíquica.


Indicações da Psicanálise
Tratamento terapêutico indicado para todas as pessoas que desejam promover o equilíbrio da sua saúde psíquica e mental e especialmente aquelas que apresentam desequilíbrios e disfunções como ansiedade, culpa, frustrações, angústias, aflições, estresse, neuroses, traumas, descontrole, compulsões, transtornos de humor, fobias, conflitos e confrontos pessoais, pânico,
complexos, depressão e outras patologias, de forma a contribuir para o reestabelecimento do equilíbrio da saúde psíquica e mental.

O acolhimento na clínica psicanalítica
Para Cury (2017) “Ouvir não é escutar sons, mas perceber aquilo que as palavras não dizem; não é perceber ruídos, mas analisar emoções”.

A clínica psicanalítica requer sensibilidade e acolhimento, pois lida com vidas humanas, com sentimentos e emoções que necessitam de organização e reflexão. O ser humano merece respeito e consideração e o setting terapêutico é um momento sagrado onde o indivíduo analisado é o centro das atenções.

Cabe ao psicanalista acolher o ser como um todo, isento de preconceitos e pré-julgamentos, transmitir uma postura ética e profissional para que exista uma relação de confiança, somente desta forma é que haverá progressos terapêuticos e benefícios significativos.

Diferença entre a Psicanálise e a Terapia Cognitiva Comportamental (TCC).

A Terapia Cognitiva Comportamental busca estabelecer uma mudança de comportamentos a partir da reestruturação do pensamento e das crenças.

A Psicanálise busca identificar as causas que não estão acessíveis a consciência e que são responsáveis pelos transtornos psíquicos.